Direitos e deveres no ciclo de debates sobre 1ª Confecom-ES

Cidadania: direitos e deveres é o terceiro tema do debate em preparação para a 1ª Conferência Estadual de Comunicação (Confecom-ES). A palestra acontecerá no dia 10 de novembro, terça-feira, na sede do Sindicato dos Telefônicos. Os palestrantes serão o jornalista e professor da Universidade Federal do Espírito Santo Edgard Rebouças e a educadora popular e Coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) Ana Maria Caracoche. A reunião começa às 18h30.

O Sinttel fica na Rua Barão de Monjardim, 251, Centro, Vitória (próximo ao posto desativado da Texaco, ao lado do restaurante Bom Apetite).

A 1ª Confecom-ES será realizada nos dias 20, 21 e 22 de novembro. Dessa Conferência serão formuladas as propostas do Espírito Santo para a 1ª Conferência Nacional de Comunicação, marcada para os dias 14 a 17 de dezembro em Brasília.

Os palestrantes

Edgard Rebouças é jornalista com graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Espírito Santo (1990), mestrado em Sciences de l’Information et de la Communication – Université Grenoble 3 (1994) e doutorado em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, com estágio de pesquisa na Université du Québec à Montréal (2003). Atualmente é professor da Universidade Federal do Espírito Santo, coordenador do Observatório da Mídia Regional (http://www.ufes.br/observatoriodamidia), diretor de Relações Internacionais da Sociedade Brasileira de Ciências da Comunicação (Intercom) e editor do Global Media Journal – Brazilian Edition.

Ana Maria Caracoche é ativista do Movimento das Mães e Avós da Praça de Maio, da Argentina, e mudou-se para o Brasil em 1980 como exilada política. Foi premiada em 2003 com o Prêmio Direitos Humanos na categoria Educação em Direitos Humanos. A homenagem é promovida pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República e concedida a pessoas e organizações dignas de destaque nesse setor. Além de coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos da Sejus, ela também atua como secretária do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) e é representante dessa entidade no Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, órgão do qual é vice-presidente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: